Vou prendendo a vida em quadros escuros, mas também sou prisioneiro desses momentos. Fotografias como gaiolas, ecos de vida, passagens no tempo. Uma vez detida, a vida é ainda mais misteriosa. Estou condenado a me aproximar de mistérios que nunca serão desvendados.

I’m arresting life in dark frames, but I’m also a prisoner of these moments. Photographs like cages, echoes of life, passages in time. Once arrested, life is even more mysterious. I am doomed to approach mysteries that will never be unraveled.